Justiça liberta mãe acusada de agredir filhos em Campinas

A 5ª Câmara Criminal de Justiça concedeu nesta quinta-feira habeas-corpus em favor de Sara Maria Rosolem Alvarenga, de 32 anos, para revogar sua prisão preventiva. Sara é acusada de tentativa de homicídio qualificado contra osfilhos José Alexandre e um ano, e Aléssia de 6 anos, na tarde de 2 de fevereiro último, em Campinas. Naquela dia, o marido de Sara, o músico Alexandre Alvarenga de 31 anos, arrancou José Alexandre dos braços da mãe e jogou a criança, que ficou gravemente ferida contra o pára-brisa de uma Blazer em movimento. O casal em seguida correu em direção a um parque. Sara levava Alessia pela mão. No parque Alexandre, que estava transtornado, agarrou Alessia e bateu a cabeça da menina contra uma árvore. O habeas-corpus foi concedido pelos desembargadores Marco Antônio e Celso Limongi, contra o voto do relator Gentil Leite, que mantinha a prisão preventiva de Sara. A decisão beneficia apenas Sara. Seu marido continua preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.