Justiça manda eliminar lotação de Polinter

O juiz João Felipe Nunes Ferreira Mourão, da 5ª Vara de Fazenda Pública do Rio, deu prazo de dez dias, a partir de anteontem, para que o governo acabe com a superlotação da Polinter, no Grajaú, zona norte. Uma ação ajuizada pela Defensoria Pública indicou a presença de 437 presos, onde cabem 287. O desrespeito implicará multa diária de R$ 10 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.