Justiça manda Emurb pagar R$ 53 milhões à Cesp

A 4ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça mandou nesta quinta-feira prosseguir a execução de sentença que condenou a Emurb - Empresa Municipal de Urbanização - a pagar a CESP - Companhia Energética de São Paulo, indenização que, devidamente atualizada, gira em torno de R$ 53 milhões.Com isso, a Emurb corre o risco de ter leiloados 21 imóveis de sua propriedade, já penhorados, entre eles oito andares no edifício Martinelli, onde tem sua sede. A indenização decorre do fato da Emurb haver invadido áreas de 306 metros quadrados, pertencentes às sedes nº 1 e 2 da Cesp, por ocasião das obras de alargamento da Avenida Paulista, em abril de l973.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.