Justiça marca julgamento de procuradora acusada de torturar criança

Vera Lúcia se entregou à Justiça no dia 13 de maio e está presa no complexo penitenciário de Bangu

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

27 de maio de 2010 | 09h51

SÃO PAULO - O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro marcou para as 11 horas do próximo dia 11 de junho a audiência de instrução e julgamento da procuradora aposentada Vera Lúcia de Sant Anna Gomes. Na data serão ouvidas as testemunhas do crime, segundo o Tribunal.

 

A procuradora é acusada de torturar a menina de 2 anos que pretendia adotar. Vera Lúcia se entregou à Justiça no dia 13 de maio e está presa no complexo penitenciário de Bangu. O pedido de habeas corpus foi negado pela 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.