Justiça nega habeas-corpus ao traficante Marcinho VP

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou liminar nesta sexta-feira, 2, em pedido de habeas-corpus para Márcio dos Santos Nepomuceno, conhecido como Marcinho VP. Preso desde 1997 em Bangu 1, ele é acusado de ser o líder do tráfico de drogas no Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro.Marcinho VP chegou a ficar em isolamento na penitenciária em dezembro do ano passado, por suspeita de ter ordenado a onda de ataques que atingiu o Rio de Janeiro no mesmo período e provocou a morte de cerca de vinte pessoas. O julgamento de Marcinho VP pelo Tribunal do Júri foi invalidado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Sua advogada encaminhou pedido de habeas-corpus ao STF para que o réu "aguarde o novo julgamento a ser proximamente realizado pelo Tribunal do Júri". O ministro do STF Celso de Mello considerou que a invalidação do julgamento "não gera a desconstituição de anterior prisão preventiva".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.