Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Justiça ordena circulação de 70% da frota de ônibus em São Paulo

O vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) 2ª Região, juiz João Carlos de Araújo, determinou no início da noite de hoje que 70% da frota dos ônibus urbanos em greve sejam mantidas em circulação nos horários normais e 80% em horários de pico.A decisão, em caráter liminar, é baseada na lei número 7783/89 que regulamenta a greve em atividades essenciais, e foi tomada pelo juiz imediatamente após a audiência de conciliação de mais de três horas entre representantes d Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus, do sindicato dos donos de empresas, a Transurb, e da São Paulo Transportes (SPTrans), e que não conseguiu chegar a um acordo para colocar fim à greve. De acordo com a liminar expedida pelo juiz, estão proibidas ainda as interrupções dos terminais de transporte. O desrespeito à decisão implica em multa diária de R$ 500 mil ao sindicato dos trabalhadores.

Agencia Estado,

07 de abril de 2003 | 19h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.