Justiça ouvirá acusado de matar inglesa no dia 29 em GO

Cara Marie Burke foi esquartejada pelo goiano Mohammed D'Ali dos Santos, na época namorado dela

da Redação , estadao.com.br

21 Outubro 2008 | 21h55

O juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 1ª Vara Criminal de Goiânia, se reunirá no próximo dia 29, a partir das 14 horas, com o goiano Mohammed D'Ali Carvalho dos Santos, acusado de matar e esquartejar a inglesa Cara Marie Burke, de 17 anos, em Goiás. Segundo o Tribunal de Justiça do Estado, no encontro, que antecede a audiência de instrução de julgamento, o magistrado ouvirá o rapaz para decidir se o autoriza a passar por exames de dependência de drogas e insanidade mental, conforme pedido da defesa.   Em 15 de setembro, Alcântara recebeu a denúncia do Ministério Público (MP) contra Santos, acusado de homicídio qualificado, destruição e ocultação de cadáver e corrupção ativa. Em 26 de julho, segundo o MP, Santos matou Cara a facadas em um apartamento, por supostamente temer que ela não se casasse com ele. O acordo teria sido feito na Inglaterra, onde os dois se conheceram. O objetivo dele seria obter cidadania inglesa. Cristiano Cardoso Silva, acusado de ajudar o rapaz a ocultar as partes do corpo da vítima, responde por ocultação de cadáver.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.