Justiça pede prisão de ex-diretor da Febem

A Justiça expediu ontem mandado de prisão contra Silas Pereira da Silva, ex-diretor da Fundação Casa (antiga Febem) de São José do Rio Preto (SP), e mais sete funcionários e ex-funcionários da instituição por formação de quadrilha e tortura contra cinco internos, em 2001. Silva, que não pode mais recorrer, deve cumprir 10 anos de reclusão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.