Justiça prorroga detenção de Rainha por mais cinco dias

A 5ª Vara da Justiça Federal de Presidente Prudente prorrogou ontem por mais cinco dias a prisão temporária do líder dissidente do MST José Rainha Júnior. Ele está preso desde quinta-feira, acusado de liderar esquema de desvio de recursos da reforma agrária. Outras nove pessoas presas durante a Operação Desfalque, da Polícia Federal, também continuam na prisão. No domingo, o Tribunal Regional Federal (TRF) já negara pedido de habeas corpus feito pelos advogados da Rede Social de Justiça e Direitos Humanos na tentativa de libertar o líder sem-terra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.