Justiça reduz pena de Vilma Martins

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Goiás reduziu a pena de Vilma Martins no processo em que foi condenada pelo seqüestro de Pedro Rosalino Braule Pinto, o Pedrinho. O tribunal reconheceu que já está prescrito o prazopara se punir a ex-empresária pelo crime de parto alheio como próprio (parto suposto). A pena foi reduzida de oito anos e oito meses para cinco anos e quatro meses. As informações são do site goias.net

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.