Kassab acerta com PPS e Soninha será subprefeita

Vereadora deve ir para Cidade Tiradentes; prefeito escolheu ex-governador Claudio Lembo (DEM) para Negócios Jurídicos

Eduardo Reina e Diego Zanchetta, O Estadao de S.Paulo

27 de novembro de 2008 | 00h00

A vereadora Soninha Francine (PPS), de 41 anos, deve integrar a gestão Gilberto Kassab (DEM) a partir de 2009. O cargo da ex-VJ da MTV será uma subprefeitura na capital, provavelmente a de Cidade Tiradentes, no extremo leste. A ida de Soninha para o governo vem sendo costurada há 20 dias entre a cúpula do PPS paulistano e o Executivo e foi praticamente ratificada numa reunião ontem na Prefeitura entre Kassab e integrantes do PPS municipal.Quarto lugar nas eleições à Prefeitura de São Paulo, com 266.978 votos, Soninha afirmou ontem não ter recebido ainda o convite, mas que ''adoraria o desafio de comandar uma subprefeitura''. Eleita vereadora em 2004 pelo PT e uma das que criticaram a gestão atual na Câmara, Soninha diz não temer ser chamada de incoerente ao compor com um governo do DEM. ''Se eu tiver a certeza de que poderei realizar um bom trabalho, que poderei ter uma experiência desafiadora, aceitarei sim. Eu sou budista, não tenho problema em abrir mão do prestígio. Não posso pensar no que vão falar mal de uma coisa da qual eu tenho convicção'', argumentou a parlamentar, também simpática a movimentos sociais ligados à esquerda.Soninha voltou a dizer que gostaria de ser, na verdade, prefeita, mas que a experiência em uma subprefeitura seria ''fantástica''. Moradora da Pompéia, na zona oeste, disse não considerar fundamental o subprefeito ser da mesma região na qual atua. ''Imagina ser subprefeita de Cidade Tiradentes? Poderia trabalhar com moradia, educação, meio ambiente, seria sensacional ouvir a população, trabalhar em conjunto com a comunidade...'' A Subprefeitura de Cidade Tiradentes é hoje ocupada pelo tucano Renato Barreiros, indicado por Andrea Matarazzo, secretário de Coordenação das Subprefeituras. O martelo só não foi batido em relação a Soninha pela resistência de alguns integrantes do próprio PPS. A Assessoria de Imprensa do prefeito não confirmou nem desmentiu o convite a Soninha.Kassab confirmou ontem a criação da Secretaria Municipal de Controle Urbano, com Orlando Almeida à frente, e a nomeação do ex-governador Cláudio Lembo para a Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos, no lugar de Ricardo Dias Leme. ''Quero dar continuidade ao bom trabalho da atual gestão e trabalhar em conjunto com as demais secretarias, para dar o suporte jurídico necessário aos projetos do governo'', afirmou Lembo. O prefeito repetiu que Matarazzo não será exonerado. A permanência do secretário foi um pedido do governador José Serra (PSDB).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.