Kassab cogita fazer lei semelhante para ajudar Serra

O secretário de Estado da Justiça, Luiz Antônio Marrey, afirmou ontem que a experiência com a Lei Cidade Limpa servirá de parâmetro na batalha judicial para a lei antifumo. Segundo ele, que no início das discussões sobre a legislação da poluição visual atuava como secretário de Negócios Jurídicos do governo municipal, foi enfrentada a mesma resistência para colocar as normas do outdoor em prática. Por isso, Marrey afirma estar convencido de que sairá vitorioso do embate para fazer valer a legislação que restringe o consumo do cigarro.Ontem também o prefeito Gilberto Kassab afirmou que não poupará esforços para ajudar a lei estadual. Ele cogita, até mesmo, fazer uma lei municipal tão restritiva ao uso do cigarro quanto a proposta pelo governador José Serra para que não haja conflito jurídico. "Se os nossos juristas entenderem que é necessário, faremos sem problemas."Tanto o governador quanto Marrey culparam os produtores de tabaco pelas ações. "Quem está por trás dessa batalha é a indústria do cigarro", acusou Serra. "O governo já interpôs um recurso (pedido de suspensão da licença) e está aguardando apreciação", disse Marrey. A Abresi rebateu que a declaração é leviana e que está defendendo interesses de seus associados apenas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.