Kassab dá 3 pastas para partidos aliados de Dilma

A aproximação de Gilberto Kassab com a base de apoio à presidente Dilma Rousseff deu as caras no Edifício Matarazzo, sede da Prefeitura de São Paulo. Dois partidos aliados da petista foram oficialmente incluídos no secretariado do prefeito, o que incomodou o PT paulistano.

Iuri Pitta, O Estado de S.Paulo

16 Abril 2011 | 00h00

Para acomodar o PC do B, tradicional aliado do PT, Kassab criou a Secretaria Especial de Articulação para a Copa 2014. O partido indicou o secretário estadual de Organização, o engenheiro agrônomo Gilmar Tadeu. A pasta estava prometida ao PC do B desde a eleição de José Police Neto (PSDB) à Presidência da Câmara Municipal.

O outro partido contemplado é o PMDB. O presidente municipal da legenda, Bebeto Haddad, vai assumir a Secretaria de Esportes no lugar de Walter Feldman. O tucano está de malas prontas para Londres, onde vai acompanhar a organização da Olimpíada. O PMDB deve indicar a deputada estadual Vanessa Damo para a pasta de Participação e Parceria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.