Divulgação
Divulgação

'Ken humano' morre vítima de pneumonia

Jovem que se espelhava em boneco vinha sofrendo com o câncer há meses e não resistiu às complicações causadas pela pneumonia

Rene Moreira, Especial para O Estado

04 de junho de 2015 | 18h27

FRANCA - Morreu nesta quinta-feira, 4, o modelo Celso Santebañes, de 21 anos, que ficou conhecido como o "Ken Humano". Ele lutava há cinco meses em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, contra a leucemia linfoide, um tipo de câncer, e teve o quadro de saúde agravado por uma pneumonia bacteriana.

A morte foi confirmada pelo Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) nesta tarde. Há dez dias ele vinha passando por sessões de quimioterapia e, segundo os médicos, morreu "em decorrência de agravamento do quadro clinico pela pneumonia na fase de imunossupressão da quimioterapia".

O jovem chegou a ficar em coma e depois se recuperou e, em abril, saiu do hospital. Depois disso, contou que queria escrever sua biografia e contar sobre os fãs que ganhou nos últimos anos. Mas acabou não resistindo e faleceu antes também do lançamento de um boneco próprio, baseado nele mesmo e cujo projeto estava em andamento.

Tudo o que sabemos sobre:
Ken humanopneumonia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.