Kirchner se solidariza com Lula por acidente da TAM

O presidente argentino, Néstor Kirchner, telefonou nesta terça-feira para o colega Luiz Inácio Lula da Silva e expressou solidariedade e pesar em nome do povo do seu país pelas vítimas do acidente aéreo no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Um porta-voz do presidente argentino disse a jornalistas que Kirchner conversou com Lula às 21h30 (horário local) e se ofereceu enviar ajuda ao Brasil. "Kirchner expressou a solidariedade do governo e do povo argentinos", disse o porta-voz. Um avião da TAM, com 176 pessoas à bordo, se chocou contra o prédio da empresa na região do aeroporto paulistano e contra um posto de gasolina, depois de não conseguir pousar no início da noite. Mais tarde, o governador de São Paulo, José Serra, afirmou ter ouvido dos bombeiros que trabalhavam no local que é impossível haver sobreviventes no local. (Por Lucas Bergman)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.