Kleyber pilotava o Airbus da TAM na hora do acidente

A TAM concluiu ontem que o Airbus A320, que há uma semana se chocou com um prédio da empresa, era comandado pelo piloto Kleyber Lima. A informação, segundo a companhia, foi repassada por funcionários de pátio e da torre de controle do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, de onde o avião partiu. Admitido em 3 de novembro de 1987, Kleyber era um dos pilotos mais experientes da TAM entre os habilitados a comandar A320. Com 13.654 horas de vôo acumuladas só na TAM, das quais 2.236 horas em aeronaves A320, ele se preparava para voar em modelos A330, capazes de transportar mais de 200 passageiros. O co-piloto do vôo 3054 era Henrique Stephanini di Sacco. Ex-funcionário da Transbrasil, tinha grande experiência em aviões da Boeing. Foi contratado pela TAM em 9 de janeiro deste ano e só no mês passado havia concluído as 150 horas de instrução para comandar o A320.

O Estadao de S.Paulo

24 Julho 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.