Ladrão de Rolex é preso em SP

Um motoqueiro foi preso em flagrante após roubar dois relógios Rolex no bairro dos Jardins, região de classe alta de São Paulo. As vítimas são dois funcionários públicos pernambucanos, que trabalham na Assembléia Legislativa daquele Estado, em Recife. Leonardo Machado Dias Pereira, de 25 anos, e Thiago Dias Pereira, de 24, são também empresários e prentendem montar um restaurante em São Paulo. Assim, vieram à Capital paulista para fazer uma pesquisa de mercado. Com eles também estava o estudante Rodrigo Antônio Martorelli, de 24 anos. Os pernambucanos foram abordados por dois homens em uma moto durante a tarde desta quarta-feira quando estavam em um táxi na esquina das ruas Bolívia e Canadá.Um dos ladrões, Wagner do Nascimento Marinho, de 18 anos, que estava na garupa e portava um revólver calibre 38, exigiu os relógios, mas acabou abandonado pelo companheiro, que fugiu com a moto ao ver a chegada de um policial militar que percebeu o assalto. Na tentativa de fuga, Sobrinho rendeu o cozinheiro do restaurante Rubaiat, Geraldo Ribeiro Sobrinho, de 23 anos, que estava em uma moto Honda NX-150. Ele tentou atirar no policial, mas a arma falhou, e acabou preso por um outro PM que veio em apoio. Os relógios, avaliados em aproximadamente dez mil reais cada, foram recuperados e o assaltante foi indiciado por tentativa de homicídio no 78º Distrito Policial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.