Ladrão desafia sozinho equipe da Rota e morre baleado

Armado com um revólver calibre 38, em um Celta vermelho, roubado por ele horas antes no bairro do Tatuapé, na zona leste de São Paulo, Anderson André Batista, de 27 anos, foi morto durante uma fuga pelas ruas da Vila Rica, também na zona leste. Segundo algumas fontes policiais, sozinho, Anderson teria enfrentado, por volta das 23 horas de segunda-feira, uma equipe inteira de policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota). A troca de tiros onde o ladrão solitário foi morto ocorreu na altura do nº 120 da Rua dos Fonseca, após o criminoso abandonar o carro para fugir a pé.Segundo policiais da Rota relataram no 41º Distrito Policial, onde o caso foi registrado, Anderson negou-se a parar o carro ao ser abordado. Começou então a perseguição. Ao abandonar o Celta, o ladrão teria atirado contra os policiais e acabou sendo atingido. Encaminhado ao pronto-socorro do Jardim Iva, Anderson não resistiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.