Ladrão é morto por PMs após assalto em Santo André

No início da noite de sexta-feira, a dona do Fiesta de placas DKN-7874 estava entrando em seu carro, na Av. Luis Inácio de Anhaia Melo, em Santo André, quando foi surpreendida pelo ladrão Leandro Antonio Oliveira, de 30 anos. Com um revólver de calibre 38, ele entrou no carro e a obrigou a dirigir, enquanto exigia que lhe entregasse todo o dinheiro que possuía. Ela entregou R$ 50 ao bandido, mas ele exigiu que a vítima retirasse mais em algum caixa eletrônico.A vítima dirigiu até um supermercado, mas, ao chegar, lembrou-se de que estava sem o cartão bancário. Ameaçada de morte, resolveu descontar um cheque em um posto de gasolina em que costuma abastecer. O proprietário do estabelecimento a atendeu, trocou um cheque de R$ 300 e notou que se tratava de um extorsão.Assim que o carro se afastou, ligou para o 190. Em pose dos R$ 350 e de uma corrente de ouro retirada da dona do carro, o marginal a abandonou no bairro Centreville e fugiu com o veículo. Logo em seguida, na Av. Valentim Magalhães, o carro foi avistado por policiais da Força Tática do 10º BPMM.A perseguição não durou mais que três minutos. Leandro abandonou o Fiesta e tentou fugir a pé. Segundos os PMs, atirou contra eles e foi baleado no revide. Socorrido pelos mesmos policiais, chegou morto ao Pronto-Socorro Municipal de Santo André. O inquérito de extorsão, roubo de veículo e averiguação de resistência seguida morte foi instaurado no 4º DP local. O carro, o dinheiro e a corrente de ouro foram devolvidos à vítima, que compareceu ao necrotério e o reconheceu o morto como sendo a pessoa que a assaltou.

Agencia Estado,

01 de maio de 2004 | 05h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.