Ladrão leva carro da polícia do pátio de delegacia

"Abri a viatura com o poder da mente". Essas foram as palavras de Wagner Barros Nascimento, de 21 anos, ao ser detido na madrugada desta sexta-feira, após furtar um veículo policial e provocar um acidente na zona sul da capital paulista. Mesmo estando sem documentos, minutos antes do crime, o rapaz havia sido liberado por agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que o abordaram numa viela próximo ao 98º Distrito Policial, do Jardim Miriam.Ao se ver livre dos policiais, Wagner resolveu furtar a viatura de prefixo P16-153, da chefia de investigadores, que estava estacionada no pátio da delegacia. A equipe de plantão ouviu o barulho do motor, mas não houve tempo para deter o ladrão. Quando seguia pela Rua Wilson Cantoni, o rapaz perdeu o controle do carro, subiu na calçada, bateu contra a porta de um mercado, derrubou um orelhão e só parou 50 metros adiante, após colidir contra barras de proteção na calçada em frente a uma pizzaria.Policiais militares foram até o local e pensaram inicialmente que o ocupante do carro fosse um policial civil, mas, ao verem que ele trajava bermuda e se recusava a sair do veículo para ser socorrido, perceberam se tratava de um roubo. Ao ser questionado pelos policiais, Wagner, visivelmente alterado, disse que havia conseguido abrir a viatura com o poder da mente. Sem ferimentos, não precisou ser levado para o pronto-socorro. Ele foi autuado em flagrante por furto e dano ao patrimônio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.