Ladrão morre e quatro são detidos após assalto a casa

Um assaltante morreu e quatro foram detidos, ontem de manhã, durante uma tentativa de assalto a uma casa no Jardim Santa Bárbara, região de São Mateus, zona leste da capital. Às 6h30, três rapazes e dois adolescentes, ambos de 17 anos, armados de pistolas, invadiram a casa da Rua Castor, esquina com a Rua Deinos. A quadrilha dominou uma aposentada de 68 anos, a filha dela, uma empresária, de 41, e os filhos, de 12 e 16 anos. Durante as buscas aos criminosos, um policial militar ficou ferido, com luxação nas costas, ao cair do telhado de uma residência.Os bandidos não tiveram tempo de vasculhar a casa. A PM foi avisada e cercou o local. O entregador Bruno Sales Ribeiro, de 19 anos - armado de uma pistola 380 - fez o garoto refém. Ele chegou a vestir a roupa da vítima para tentar enganar a PM. "O refém conseguiu se desvencilhar e a quadrilha tentou fugir pelos fundos da casa. Quando um dos PMs entrou, foi recebido a tiros", disse a tenente do 38º Batalhão, Márcia Vitória Vieira Folote.O PM revidou e baleou Ribeiro no tórax e no pescoço. Um dos adolescentes que fazia parte da quadrilha foi detido na casa. Os comparsas fugiram pelas outras residências até chegar à Rua Phobus. Lá, o trio entrou em outra casa. Washington Romeiro de Miranda, de 20 anos, Gutierrez Ribeiro Santana, de 21, e o outro adolescente foram localizados pela PM dentro de um carro, escondidos. Miranda, Santana e os dois adolescentes foram levados para o 49º Distrito Policial (São Mateus). Uma pistola calibre .40 foi apreendida com a quadrilha. Ribeiro foi encaminhado ao Hospital São Mateus, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. "Um dos rapazes detidos pode estar envolvido em outro roubo a residência que aconteceu recentemente", acrescentou a tenente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.