Ladrão roubava de delegacia há 5 anos

O assalto ao Comando de Policiamento de Área Metropolitana da Policia Militar de São Paulo, de onde foram levadas várias armas, não é caso único no Brasil. Há cinco anos, o lavador de carros Augusto da Silva Nascimento, o "Buiú", vinha furtando, sorrateiramente, objetos apreendidos do depósito da Delegacia de Polícia de Feira de Santana, a 108 quilômetros de Salvador. O esquema foi descoberto e preso hoje pelo delegado Adaílton Adan. Boa conversa, prestativo, pronto para pagar uma conta, comprar um lanche e atender a outros pedidos dos policiais de Feira de Santana a qualquer hora, Buiú ganhou a confiança dos agentes, e os carros estacionados no pátio da delegacia praticamente todos os dias. Tinha livre trânsito e logo percebeu como seria fácil surrupiar os objetos apreendidos ou recuperados pela polícia, no depósito do complexo policial. Ele retirava os objetos pelo muro do depósito de carros apreendidos, onde foi flagrado carregando um lote, por alguns agentes. Na casa de Buiú, os policiais encontraram máquina de escrever, volantes, partes de chaparia de carros, extintores de incêndio e outros objetos. "Achei fácil e fui fazendo isso", comentou sorrindo, ontem na delegacia. O delegado Adan descobriu que, além dos pequenos furtos, Buiú também arrombou um sala do depósito onde ficavam peças menores, levando de uma só vez 295 relógios apreendidos com muambeiros. Adan acha que Buiú pode fazer parte de uma quadrilha de ladrões e receptados de objetos apreendidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.