Ladrão seqüestra dois; um deles, policial

Um ladrão ousado cometeu nesta quinta-feira de manhã o que poderia ser chamado de um "duplo sequestro relâmpago". O assaltante rendeu a motorista Creonice de Souza Brito, de 35 anos, que dirigia o Kadett placa CSU-6725, de Carapicuíba, na Grande São Paulo, quando ela parou na Rodovia Raposo Tavares junto da Rua Alvarenga, no Butantã, zona oeste da capital.O ladrão entrou no carro e a obrigou a seguir em frente. Na Avenida Rio Pequeno, no mesmo bairro, o veículo passou por um carro do 93º Distrito Policial, do Jaguaré, dirigido pelo investigador Aristodemos Bezerra Barbosa, que viu o Kadett e suspeitou da placa, cujo número era semelhante ao de um veículo envolvido em outra ocorrência registrada recentemente na delegacia. O investigador seguiu o Kadett e sinalizou, pedindo que a motorista parasse, mas ela não obedeceu, provavelmente pressionada pelo bandido.Iniciou-se, então, uma perseguição, que terminou na Praça Elis Regina, onde o carro parou, e o policial ordenou que seus ocupantes saíssem.Segundo o boletim de ocorrência registrado pelo delegado Luis Antônio Pereira da Silva, do 93º DP, o ladrão estava bem vestido, usava um terno e tinha boa aparência, mas, além disso, estava armado com uma pistola 380 e surpreendeu o investigador, que foi obrigado a entrar no veículo e sentar no banco de trás. O policial foi solto no município de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, de onde o criminosos seguiu com a motorista de volta para a Rodovia Raposo Tavares, onde fugiu a pé, levando R$ 200 e o telefone celular da vítima. A motorista e o policial não ficaram feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.