Ladrões arrancam dentes e torturam vítima durante assalto

Criminosos entraram na casa dofuncionário público José Rubens Pires, de 52 anos, deram-lhe umafacada no pescoço e arrancaram oito de seus dentes com umalicate. Depois de 20 minutos torturando a vítima, fugiramlevando R$ 10,00, roupas e sapatos. O crime ocorreu hoje, porvolta da 1 hora, na Rua Pedro Álvares Cabral, no centro deAraraquara, no interior paulista, e teria sido obra de doishomens, um branco e um mulato, ambos jovens. Nenhum deles foi preso. A polícia da cidade investiga duas hipóteses para ocrime: vingança ou roubo. De acordo com o delegado MarceloUmberto Borghi, do 2.º Distrito Policial, Pires foi dominadoquando chegava em casa. A vítima, que não reagiu, é diretora deexpediente do Departamento Autônomo de Águas e Esgotos (Daae),onde trabalha há mais de 20 anos. Os bandidos estavam armadoscom facas. Dentro da residência desferiram uma facada no pescoço dePires. O golpe acertou de raspão. "Não creio que houvessevontade de matar, pois, do contrário, teriam desferido outrosgolpes mais profundos e certeiros", disse o delegado. Em seguida, os bandidos iniciaram a tortura. Apanharamum alicate do funcionário público e com ele arrancaram os dentesincisivos centrais superiores e inferiores, que ficam na parteda frente da boca.TestemunhaOs criminosos fugiram sem que nenhumatestemunha os visse. Pires conseguiu ir sozinho ao HospitalBeneficência Portuguesa, onde foi atendido. Os médicosinformaram o caso à polícia. O funcionário público passou porexame de corpo de delito e teve alta no começo da tarde de hoje.Apesar disso, permaneceu sedado em casa. De acordo com o delegado, os bandidos, além do roubo,cometeram lesão corporal gravíssima, crime sujeito a uma pena de3 a 8 anos de prisão. "É uma violência incomum na cidade e aintensidade dela não nos permite descartar a hipótese de omotivo ser uma vingança, apesar de a vítima afirmar que nãoconhecia os dois agressores", disse o delegado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.