Ladrões aterrorizam passageiros de ônibus em Campinas

Assaltos, ameaças e caronas têm atemorizado motoristas e passageiros dos ônibus que percorrem o itinerário entre os bairros São José e São Marcos, em Campinas. Só na última sexta-feira, foram quatro assaltos, e dois motoristas tiveram que ser afastados da linha por causa de ameaças que sofreram por terem se recusado a levar caronas.A Associação de Transportes Urbanos de Campinas (Transurc) e a empresa responsável pelo trajeto, a VBTU, pediram o apoio da Polícia Militar, que prometeu reforçar o policiamento na região, além de colocar policiais à paisana para percorrer o itinerário dentro do ônibus e coibir os ataques.Assaltos consecutivosEm um dos assaltos, o motorista abandonou o ônibus, depois de ser ameaçado de morte. Segundo a assessoria da imprensa da Transurc, as ameaças e os assaltos a ônibus nos bairros são comuns, mas a situação ficou insustentável na quinta e na sexta-feira da semana passada.Um dos motoristas que recusaram os caronas e que pediu para ter a identidade preservada disse que foi agredido verbalmente na quinta-feira à noite. Os bandidos fizeram os assaltos na sexta-feira, a partir do horário em que o motorista agredido assumiu o posto. Das 15 às 21 horas foram quatro assaltos, em que foram roubados R$ 286,75.RecadosArmados, os bandidos ameaçaram o motorista de morte no primeiro assalto. Ele abandonou o ônibus e passou o resto do dia na garagem da empresa, sem condições de trabalhar. O outro motorista da linha que percorre o São Marcos também recebeu ameaças de morte na sexta-feira e teve que ser transferido de setor. Os agressores mandaram recados, dizendo que ele seria morto se não "colaborasse" e permitisse que moradores do São Marcos e da Vila Esperança entrassem no ônibus sem pagar passagem.Apesar dos problemas em alguns locais, o número de assaltos a ônibus caiu pela metade em setembro deste ano com relação ao mesmo mês do ano passado. Foram 81 ocorrências em setembro último e 160 no mesmo mês de 2001.

Agencia Estado,

12 de novembro de 2002 | 20h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.