Ladrões colocam pedras na via para roubar e provocam morte de 9 pessoas

Uma van atingiu a traseira de um caminhão parado no acostamento, após dois carretas se chocarem; outros 3 ficaram seriamente feridos e foram levados para hospital em PE

Solange Spigliatti, Central de Notícias

19 de novembro de 2010 | 17h15

SÃO PAULO - Nove pessoas morreram e outras três ficaram gravemente feridas em uma tentativa de assalto, na Rodovia BR-116, entre Chorrochó e Abaré, na Bahia, na madrugada desta sexta-feira, 19.

 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, ladrões colocaram pedras na pista, na altura do km 33, para forçar os caminhoneiros a reduzirem a velocidade para assaltá-los.

 

Uma carreta, transportando gesso, tentou desviar do obstáculo e bateu de frente em outro caminhão, que levava soja. Por conta da batida, uma Sprinter acabou batendo na traseira de uma carreta que estava parada no acostamento, a cerca de 30 metros do local do acidente.

 

Nove pessoas morreram e três ficaram gravemente feridas. Entre as vítimas estava uma criança, passageira do Sprinter. Os feridos foram levados para o Hospital de Petrolina, em Pernambuco.

 

A rodovia permanecia interditada às 16h45, aguardando perícia, que chegou ao local por volta das 15h30, horário de Brasília, segundo a Polícia Rodoviária. Por conta da interdição havia um congestionamento de 10 quilômetros na região. Não há informação sobre os bandidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.