Ladrões de carro morrem ao enfrentar PMs em Carapicuíba

Três ladrões de carros morreram, por volta das 19h de ontem, ao trocarem tiros com policiais militares da Força Tática do 33º Batalhão, na cidade de Carapicuiba, na Grande São Paulo. Armados com dois revólveres calibre 38 e uma pistola calibre 380, José Ivanildo Gomes Souza, 19 anos; Thiago Viana Silva, 18; e Rafael Cesário Moraes, 19; não obedeceram à ordem de parada dos policiais quando trafegavam em um Gol branco - roubado por eles em Osasco - na Estrada do Pequiá, na Vila Odete. O carro, de placas CNC 4513/SP, havia sido levado de Felipe Costa e Silva e ficou parcialmente destruído após o trio perder o controle do veículo e batê-lo contra um Escort vermelho na altura do nº 300 da estrada. Os bandidos, durante a perseguição, atiraram contra a picape Blazer da PM, atingindo o pára-brisa e uma das portas da viatura policial. Ao descerem do Gol, atirando contra os PMs, os ladrões foram baleados; e morreram quando eram atendidos no Pronto-Socorro de Vila Dirce. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Carapicuíba pelo delegado Edenílson Meira.

Agencia Estado,

15 de setembro de 2004 | 07h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.