Ladrões de carro seqüestram vítimas, fogem e são mortos

Armado com um revólver calibre 38, o adolescente Leandro Teixeira de Souza, de 17 anos, e o comparsa dele, um rapaz de aproximadamente 25 anos, pardo, de 1,75 m de altura, armado com uma pistola calibre 380, foram mortos após trocarem tiros com policiais militares da Força Tática do 15º Batalhão, por volta das 21h desta segunda-feira, na Rua Restinga, na Chácara Tatuapé, zona leste da capital paulista. A dupla fugia com uma picape Chevrolet D-20 roubada de um comerciante que estava acompanhado de um funcionário. A abordagem ocorreu por volta das 20h30 no bairro de Ponte Alta, em Guarulhos, na Grande São Paulo.As vítimas, cujos nomes não foram fornecidos nem pela Polícia Militar nem por policiais do 52º Distrito Policial, de Parque São Jorge, onde o caso foi registrado, foram levadas pelos bandidos e abandonadas na Rodovia Presidente Dutra junto ao acesso à Rodovia Fernão Dias. Policiais militares do 15º BPM/M, de Guarulhos, já estavam cientes do roubo em andamento e perseguiam os ladrões, que abandonaram a picape na zona leste.No tiroteio com a PM, o menor e seu comparsa foram baleados e levados ao Pronto-Socorros do Tatuapé e Vila Maria, onde morreram. O ajudante do comerciante, durante o tempo em que ambas as vítimas eram mantidas reféns dentro do carro, levou algumas coronhadas de um dos bandidos. Com a dupla, os policiais apreenderam um celular. Um dos policiais que trocaram tiros com os bandidos seria morador próximo da casa de um dos criminosos; por isso a PM estava com receio de fornecer dados mais detalhados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.