Ladrões ferem 2 em ataque a banco

Um deles usou os pinos de metal no braço para camuflar arma

José Dacauaziliquá, O Estadao de S.Paulo

27 de março de 2009 | 00h00

Dois homens ficaram feridos, um deles em estado gravíssimo, após uma tentativa de assalto a uma agência bancária, na manhã de ontem, em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo. Um dos ladrões usou os pinos de metal que tinha no braço para camuflar uma arma e passar no detector de metais. Os assaltantes conseguiram fugir após trocar tiros com policiais militares. A Polícia Civil ainda está à procura dos suspeitos.O crime começou por volta das 11 horas, quando um casal chegou à agência do Banco Real na Avenida Adolfo Pinheiro. A mulher tinha pinos de metal no braço esquerdo, do tipo usado em cirurgias ortopédicas. Quando passou pelo detector de metais, soou o apito, mas o vigia que controlava a porta liberou o acesso. O homem que a acompanhava entrou em seguida, pegou a arma que estava com ela e ameaçou o vigia. O segurança reagiu e levou um tiro na cabeça. Outro vigia foi para cima do assaltante, que o dominou e pegou sua arma, um revólver calibre 38. Na sequência, o casal saiu correndo do banco. O segurança atingido foi socorrido por um helicóptero Águia e levado para o Hospital das Clínicas. Estava internado em estado gravíssimo e corria risco de morrer.No momento do assalto, o sargento aposentado da PM Luciano Feitosa de Moraes, de 39 anos, estava perto do banco e ouviu os tiros. Parou uma viatura da PM e avisou os dois policiais que estavam no carro. Quando voltava pela rua, encontrou dois homens armados que fugiam correndo. Sacou o revólver e atirou, mas errou.Os dois homens revidaram e acertaram uma bala na coxa direita, outra no tornozelo esquerdo e outra de raspão na mão esquerda do policial aposentado. Ele foi levado para um hospital da região e não corre risco de morte.Durante a perseguição, os assaltantes entraram num Monza para fugir e foram vistos pelos PMs. Houve troca de tiros e nova perseguição. Os ladrões entraram em alta velocidade pelas Ruas Benedito e Fraternidade e conseguiram despistar os policiais na Avenida Santo Amaro. O carro foi encontrado mais tarde na Rua Capitão Otávio, na Chácara Santo Antônio, a 1,5 quilômetro do local do assalto.RECONHECIMENTOO caso foi registrado no 11º Distrito Policial (Santo Amaro). Segundo os policiais que participam da investigação, o Monza pertence a um dos autores do assalto. O nome e a foto do suposto assaltante, porém, não foram divulgados. NESTE MÊS 11/3/2009: No Parque Novo Mundo, zona norte, bandidosfurtaram caixa eletrônico da Caixa Econômica. No mesmo dia, três GCMs foram feridos a bala por uma quadrilha que invadiu umbanco no Jardim Grimaldi, na zona leste 17/3/2009: O soldado da Polícia Militar Everton LuisAlencar da Rocha, de 27 anos, foi flagrado ajudando Miguel Aparecido Gomes do Prado, de 34, a furtar um caixa eletrônico numa agência da Rua Domingos de Morais, na Vila Mariana, zona sul 20/3/2009: Um PM aposentado e um criminoso ficaram feridos em uma troca de tiros durante uma tentativa de assalto a uma agência do HSBC, na Avenida Cupecê, zona sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.