Estadão
Estadão

Ladrões invadem escola em Salvador e assaltam alunos, professores e funcionários

Cerca de 80 estudantes foram feitos reféns; bando levou celulares e outros objetos pessoais de todos

Heliana Frazão, Especial para o Estado

15 Setembro 2015 | 19h59

SALVADOR - Armados com revólveres, três assaltantes invadiram na manhã desta terça-feira, 15, uma escola particular onde funciona um curso supletivo e roubaram alunos e professores. A instituição fica na Pituba, orla de Salvador, bairro de classe média e um dos principais focos de assaltantes.

Segundo a polícia, um homem se aproximou do porteiro da escola pedindo informações sobre o curso. Depois, pediu para entrar no local, supostamente para efetuar a matrícula. Assim que o porteiro abriu o portão, o trio anunciou o assalto e um deles apontou a arma para a cabeça do funcionário.

Eles percorreram a escola, que tem três salas de aula, e renderam cerca de 80 alunos. O trio levou objetos pessoais como celulares, correntes e anéis de todos os estudantes, professores e funcionários, além do dinheiro de uma pessoa que ia pagar a mensalidade. Não houve violência física. A ação foi rápida e os criminosos fugiram.

As vítimas prestaram queixa na 16ª Delegacia Territorial da Pituba. Viaturas da 13ª CIPM/Pituba realizaram ronda no local, durante o dia, mas não conseguiram identificar os ladrões.

A assessoria de Comunicação Social da PM informou que a corporação tem intensificado ações preventivas na região, com a realização de visitas e reuniões com a direção das instituições de ensino, na tentativa de inibir a criminalidade. 

A PM disse também que as câmeras de segurança do local, que poderiam ajudar na identificação dos bandidos, não estavam funcionando.

Mais conteúdo sobre:
Salvador

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.