Ladrões matam executivo na Saúde

Massuo Nagashima, de 56 anos, um dos diretores da Gates do Brasil, empresa de correias de maquinário agrícola, foi morto por dois assaltantes às 19h30 de anteontem, quando entrava num Honda Civic em seu prédio no bairro da Saúde, zona sul da capital. A dupla, que fugiu sem levar nada, atirou ao perceber que Massuo não ia parar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.