Ladrões seqüestram bebê para roubar carro-forte

Para roubar o dinheiro que deveria abastecer os caixas eletrônicos da cidade de Santos, no litoral paulista, três homens seqüestraram na noite desta quinta-feira, em São Vicente (74 quilômetros a sudeste de São Paulo), seis pessoas, entre elas um bebê de 4 meses, e Luís Dantas, funcionário de uma empresa de transporte de valores.Os reféns, entre eles um vizinho de Dantas, foram levados de madrugada para uma mata fechada no Riacho Grande, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Dantas deveria entregar aos bandidos, na manhã desta sexta-feira, um carro-forte com dinheiro. Se não o fizesse, sua família seria assassinada.Mas o plano foi descoberto. Quando o dia clareou, um homem passou perto da uma mata, no Riacho Grande, e viu o vizinho de Dantas algemado a uma árvore. A Polícia Militar foi chamada e os soldados libertaram o rapaz e encontraram o carro de Dantas, onde estavam os outros reféns.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.