Lançada campanha de recadastramento

Nova campanha de recadastramento de armas de fogo será lançada hoje. Os donos de armas compradas legalmente têm até 31 de dezembro para renovar ou registrar o armamento. Quem não fizer o recadastramento estará incorrendo em crime de porte ilegal de arma e pode ser condenado a até 3 anos de prisão. O processo de recadastramento é gratuito. O interessado tem de apresentar cédula de identidade, CPF, comprovante de residência e o formulário do Sistema Nacional de Registro de Armas, obtido na Polícia Federal, nota fiscal da arma e certificado de registro, se tiver. A PF também receberá qualquer tipo de armamento e a indenização, neste caso, varia de R$ 100 a R$ 300.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.