Lancha pega fogo na Baía de Guanabara

A lancha Maia Mar pegou fogo no início desta tarde, com três tripulantes, na Baía de Guanabara, próximo à pista do Aeroporto Santos Dumont. Ninguém ficou ferido. A embarcação havia deixado a Marina da Glória poucos minutos antes, junto com outras duas lanchas, quando o fogo começou. Não houve explosão, o que levou os bombeiros a acreditar que ocorreu um curto-circuito. Os tripulantes foram identificados como Joilson de Oliveira, que guiava o barco, uma pessoa chamada Pedro e o dono da lancha, que se recusou a ter sua identidade divulgada. Eles se lançaram nas águas da baía quando o incêndio começou. Os bombeiros levaram cerca de uma hora para debelar as chamas e conter a fumaça.O comandante do Grupamento Marítimo, coronel Marco Aurélio Silva, informou que foi encontrado na lancha apenas um extintor de incêndio de pó químico de dois quilos, que não foi utilizado pelos tripulantes. A lancha pertence à Nautic Central e Reparos Navais. A empresa não prestou esclarecimentos ao G-Mar sobre os procedimentos utilizados para combater o fogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.