Laudo aponta que frei foi assassinado no convento

O Instituto de Criminalística de Pernambuco divulgou nesta quinta-feira um laudo pericial que aponta como homicídio a morte do freicarmelita Luciano Santos de Andrade, cujo corpo foi encontrado nu nas dependências do Convento Nossa Senhora do Carmo, no município de Goiana, no último dia 27 de agosto. O laudo foi elaborado com base no estudo do local onde ocorreu o crime e em exames realizados no corpo da vítima. Segundo o documento, o frade teria sido arremessado do primeiro andar do convento, de uma altura de 5,5 metros e quando caiu no chão ficou distante 2,20 metros da parede ? o que na versão dos peritos, descartaria por completo a hipótese de suicídio. Ainda de acordo com a Polícia, a hipótese de que o frei Luciano Santos tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) estápraticamente descartada. Apesar do corpo ter sido encontrado nu, não foram encontrados elementos que confirmassem a prática de sexo antes do crime. Os peritos não conseguiram encontrar impressões digitais além das pertencentes ao frei, nem detectar quaisquer sinais de luta corporal nas dependências do convento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.