Laudo do prédio do TRT sai na próxima semana

O laudo das condições estruturais do prédio Fórum Trabalhista de São Paulo, situado no bairro da Barra Funda, deve ser finalizado até a próxima semana, informou hoje o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-SP). A avaliação começou a ser feita há dois meses, por cerca de trinta técnicos Banco do Brasil e dela dependerá a retomada das obras em janeiro de 2002. A partir do laudo, será possível abrir o processo de licitação, que deve ocorrer entre novembro e dezembro. Segundo o juiz Francisco Antônio de Oliveira, do TRT-SP, serão necessários R$ 40 milhões para terminar o imóvel, dos quais R$ 15 milhões já foram incluídos no Orçamento de 2002.Construção consumiu R$ 264,62 milhõesAs obras do fórum foram paralisadas em 1998 com a descoberta de um esquema de superfaturamento e desvio de R$ 169,74 milhões. O empreendimento já consumiu R$ 264,62 milhões do Tesouro Nacional desde que foi iniciado, em 1993, pelo então presidente do TRT, juiz Nicolau de Santos Neto, que se encontra preso na Casa de Custódia, em São Paulo.Com o escândalo, o imóvel foi entregue ao patrimônio da União. Em janeiro deste ano, logo após fechar um acordo com o TRT para conclusão e manutenção da construção, a Caixa prometeu entregar o prédio até dezembro deste ano.Em agosto, o imóvel voltou às mãos do TRT-SP e a administração do término das obras será feita pelo Banco do Brasil. O empreendimento, de 96,5 mil metros quadrados e duas torres de 18 andares, iria acomodar 100 varas trabalhistas e em torno de 1.600 funcionários. Pelo menos 75% do prédio já foi concluído.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.