Lavrador ataca PM e morre baleado em Cristais Paulista

O lavrador Eurípedes Lúcio, de 54 anos, foi morto com cerca de seis tiros na noite de domingo, 19, após atacar e agredir um policial militar, em Cristais Paulista, região de Ribeirão Preto. A irmã dele, Catarina Lúcia Gemes, de 51 anos, mora na Fazenda Bálsamo e avisou a Polícia Militar ao saber que o irmão estava na propriedade.Eles já haviam discutido anteriormente e Lúcio a teria atacado com uma foice. Dois PMs chegaram na fazenda, por volta das 19h45, e um deles tentou conversar com Lúcio. Porém, foi agredido com uma barra de ferro e teve um dos braços fraturado. O outro PM, então, no escuro, reagiu e disparou seis tiros. Lúcio chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.Segundo o delegado Djalma Donizete Batista, o boletim de ocorrência foi registrado como resistência seguida de morte. O inquérito policial irá verificar se houve excessos durante a ocorrência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.