Lavrador do MA é 'pai-avô' de oito crianças, confirma DNA

Ele foi preso no dia 8 de junho, na cidade de Pinheiro, a cerca de 340 km de São Luís, acusado de abusar sexualmente das duas filhas

Wilson Lima, especial para O Estado

19 de julho de 2010 | 17h32

SÃO LUÍS - Exames de DNA confirmaram que o lavrador José Agostinho Pereira Bispo, de 54 anos, é o pai biológico dos oito filhos que ele teve com as suas duas filhas Sandra Maria Monteiro, de 28 anos e Maria Sandra, de 31 anos. O resultado dos exames foi divulgado na tarde desta segunda-feira, em São Luís.

 

Os filhos-netos do lavrador têm hoje 15, 12, oito, seis, cinco, quatro, dois e quatro meses de idade respectivamente. Sete deles foram concebidos a partir da relação incestuosa com Sandra Monteiro; outro com Maria Sandra.

 

Segundo a delegada regional de Pinheiro, Laura Barbosa, partir de agora os exames serão incluídos no processo que José Agostinho já responde na comarca de Pinheiro. A expectativa é que o julgamento dele ocorra até o final de outubro. Ainda conforme a delegada, também foram realizados exames de DNA para confirmar a paternidade do lavrador José Agostinho Bispo com relação à Sandra Maria e Maria Sandra. Os exames também foram positivos.

 

O lavrador foi preso no dia 8 de junho, na cidade de Pinheiro, distante cerca de 340 km de São Luís acusado de abusar sexualmente das duas filhas. Depois desse caso, outros cinco homens já foram presos (quatro somente em Pinheiro), sob a acusação de abusar das próprias filhas no Maranhão.

 

Tudo o que sabemos sobre:
MaranhãoincestoPinheiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.