Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Lavrador morre por picada de inseto não-identificado

A polícia civil de São Roque, a 65 quilômetros de São Paulo, ainda não sabe que tipo de inseto pode ter causado a morte do lavrador Diogo Damião Gomes, de 17 anos. O rapaz morreu na última sexta-feira depois de ter sido picado na barriga por algum bicho, provavelmente aranha ou escorpião.A causa da morte deverá ser conhecida quando ficar pronto o laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba, onde o corpo foi submetido a necropsia. O laudo deverá ser encaminhado à Delegacia de São Roque em 10 dias.Gomes trabalhava numa plantação de alface quando teria sofrido a picada. Ele comentou com familiares que não tinha conseguido identificar o bicho. O lavrador passou mal e, com tonturas e vômitos, foi levado a um Centro de Saúde, de onde foi transferido para o Hospital Santa Ângela.Depois de medicado com injeções, ele foi para casa, mas voltou a passar mal. No segundo atendimento no hospital, sofreu parada cardíaca. O corpo foi liberado para sepultamento nesta segunda-feira.A direção do hospital aguarda o laudo para se manifestar sobre o caso. Enquanto a causa da morte não é conhecida, outros trabalhadores negam-se a voltar para a plantação de alface.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.