Legislação penal precisa ser revista, diz Serra

O candidato do PSDB ao governo paulista, José Serra, afirmou nesta quarta-feira, 9, que vê a necessidade de uma reformulação da legislação penal como parte dos esforços para combater o problema da criminalidade. "Toda a legislação penal deve ser revista a meu ver", disse o ex-prefeito da capital paulista.Serra citou como exemplos de mudanças que considera necessárias na legislação a revisão da regra que permite soltar presos, após o cumprimento de 1/6 da pena, e a importância de criminalizar a posse de celular na prisão, o que segundo a regra atual não se enquadra com um delito.O tucano aproveitou a ocasião para comentar os efeitos da mais recente onda de ataques da facção criminosa PCC no estado. O ex-prefeito de São Paulo saiu em defesa do secretário de segurança pública Saulo de Castro Abreu Filho, que levantou nos últimos dias a suspeita de envolvimento do PT com os ataques criminosos. Questionado sobre se acredita que Saulo está fazendo um jogo eleitoral em torno da questão, Serra afirmou que vê as declarações do secretário apenas como a manifestação de sua opinião. "É o secretário da segurança e está dando sua opinião", disse Serra.O candidato tucano reiterou que considerou razoável a oferta de tropas do governo federal para guardar as muralhas de presídios, e ressaltou que qualquer decisão em relação a esse assunto cabe exclusivamente ao governador Cláudio Lembo. Mesmo assim, Serra insistiu na necessidade do problema da segurança não ser utilizado como instrumento eleitoral. "É importante quando se fala de ajuda que exista ajuda de verdade, que seja algo concreto efetivo e não apenas publicitário, nem que se procure tirar do episódio faturamento eleitoral na base do quanto pior melhor", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.