Leilão de Libra e polêmica sobre o uso de animais em testes são destaques da semana

A semana também foi marcada pela prisão de policiais envolvidos no Caso Amarildo e divulgação de pesquisa de intenções de voto para presidência da República

O Estado de S. Paulo

25 Outubro 2013 | 21h20

Principais cidades do País tiveram protestos contra o leilão de Libra. No Rio, manifestantes entraram em confronto com a polícia. Foto: Wilton Junior/Estadão

Entre os principais assuntos da semana está a revelação de que o governo dos Estados Unidos monitorou as conversas dos principais líderes mundiais. O encerramento da greve dos professores estaduais e municipais do Rio e o adiamento da votação do projeto de lei que regulamenta biografias na Câmara foram destaques no noticiário.

Veja os principais assuntos:

1) Leilão de Libra causou repercussão na economia, na política e nas ruas. Entenda.

2) Instituto Royal é interditado por 60 dias. Para laboratório, ativistas é que maltrataram os animais.

3) Dilma venceria todos os pré-candidatos no primeiro turno.

4) Governos da Alemanha, da França e mais 35 líderes mundiais foram espionados pelos EUA.

5) Três policiais envolvidos na morte do pedreiro Amarildo se entregam à Justiça.

6) Biografias só devem ir a plenário em novembro.

7) Professores estaduais e municipais do Rio encerram greve de quase três meses.

8) Alstom recomendou uso de lobistas e pessoas influentes no governo de SP

9) Dilma sanciona lei do programa Mais Médicos e pede desculpas a cubano alvo de protestos.

10) Explosão em prédio de Ministérios fere 30 pessoas em Brasília.

Sede dos Ministérios do Transporte e das Comunicações teve de ser esvaziada após explosão. Foto: André Dusek/Estadão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.