Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Lentidão bate recorde na saída de São Paulo

Excesso de veículos e acidente causaram congestionamento na Marginal do Tietê; CET recomenda pegar as estradas apenas entre 22 e 6 horas

Luísa Alcalde, O Estadao de S.Paulo

10 de abril de 2009 | 00h00

A saída do paulistano para o feriado e um acidente na Marginal do Tietê, que interditou duas pistas, causaram o maior congestionamento do ano em São Paulo. Ontem, às 19h30, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava 233 quilômetros de congestionamento. O recorde anterior era de 17 de março, às 19 horas, com 201 quilômetros de lentidão.Por volta das 16 horas, os dois sentidos da Marginal do Tietê foram bloqueados na altura da Ponte da Casa Verde, na zona norte. Um acidente envolvendo um carro e uma moto obrigou o helicóptero Águia da Polícia Militar a pousar no canteiro central da via para resgatar uma vítima. O problema ocorreu na pista expressa, no sentido da Rodovia Ayrton Senna.A recomendação feita pela CET aos motoristas que ainda vão deixar a capital hoje é que peguem a estrada entre 22 e 6 horas. O rodízio municipal de veículos está suspenso. O maior movimento deve ser registrado nas Rodovias Anhanguera e Bandeirantes - por onde devem circular cerca de 580 mil veículos. No Sistema Anchieta-Imigrantes, a Ecovias adotou às 15 horas de ontem a Operação Descida (7 por 3). Os motoristas podem utilizar a nova pista da Imigrantes e as duas pistas da Via Anchieta para a descida da Serra do Mar.TEMPOQuem for aproveitar o feriado da Páscoa na praia precisará tomar cuidado com o mar, sobretudo no fim de semana, porque as águas estarão bastante agitadas e haverá incidência de ventos fortes. A empresa de meteorologia Climatempo prevê ondas de até 2,5 metros em todo o litoral sul e norte de São Paulo, principalmente amanhã, quando poderá ser registrada a primeira ressaca de 2009, segundo o meteorologista Marcelo Pinheiro.Ele recomenda cuidado com pequenas embarcações e aconselha surfistas e banhistas a evitar o banho de mar, embora o tempo deva ficar aberto e ensolarado. "A passagem de um ciclone extratropical pela costa da Argentina e do Uruguai causou grandes ondas, que avançam pela costa sul do Brasil. No litoral da Região Sudeste, o mar subiu muito nesta quinta-feira e as ondas chegariam a 2 metros nas praias de São Paulo."A Climatempo alerta que, no fim de semana, a agitação marítima será mais intensa, por causa da passagem de outro ciclone extratropical ao largo do litoral do Uruguai. "Muitas praias poderão ter a primeira ressaca do ano. Algumas ondas podem até passar de 3 metros. A entrada na fase da lua cheia, ontem, provocará marés mais altas, o que agravará os efeitos", afirma Pinheiro.A temperatura também deve mudar no fim de semana, com ligeira queda. No litoral, amanhã e no domingo, a mínima fica em 16°C ou 17°C e a máxima entre 28°C e 29°C. Na capital, a temperatura mínima registrada deve ser de 15°C, principalmente na madrugada, e a máxima pode chegar a 26°C. Ontem, a mínima registrada foi de 18,9°C e a máxima, de 26,5°C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.