Levantamento projeta País com quase 60 mil vereadores em 2013

Cálculo da Confederação Nacional de Municípios se baseia no número atual e em possíveis alterações na próxima legislatura

ELDER OGLIARI / PORTO ALEGRE, O Estado de S.Paulo

04 Outubro 2011 | 03h01

Os 5.565 municípios brasileiros terão entre 54.577 e 59.764 vereadores em 2013. O cálculo foi feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) e divulgado ontem, em Porto Alegre, com base no número atual (de 51.419 cadeiras nas câmaras municipais) e em alterações já consolidadas, em estudo ou possíveis mudanças para a próxima legislatura.

Para chegar à projeção, a área técnica da CNM consultou as 2.153 câmaras que podem mudar o número de cadeiras. Obteve resposta de 1.857 (87%), o que fez o presidente da entidade, Paulo Roberto Ziulkoski, considerar os dados como "quase um censo".

O levantamento constatou que metade dos municípios que podem mudar preferiu aumentar o número de cadeiras, com exceção de Conchal (SP), que diminuiu de 13 para 11 vagas. Na outra metade, que ainda não mudaram, 62% das câmaras indicaram que pretendem alterar o número de cadeiras. Isso levou a CNM a concluir que 1.740 municípios vão optar pelo aumento.

Os dados mostram que as alterações aprovadas para entrar em vigor em 2013 vão aumentar o número de vereadores dos atuais 51.419 eleitos em 2008 para 54.577. Se consideradas as intenções de alterar o número de cadeiras e aplicado um cálculo proporcional, o acréscimo pode chegar a 6.232 vagas, elevando o número total para 57.651, de um máximo possível de 59.764.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.