Leve-Leite: contrato de emergência

A Prefeitura fará outro contrato de emergência para manter o Programa Leve-Leite em janeiro. O pregão para escolher o novo fornecedor deveria ser ontem, mas foi suspenso a pedido do Tribunal de Contas do Município."O relator fez perguntas sobre o edital e não teríamos tempo para responder", disse o coordenador de Gestão de Bens e Suprimentos, Herbert Lustosa. O novo edital só deve ser publicado depois de aprovado pelo tribunal, que entrou em recesso e só voltará em 7 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.