Lewandowski critica mudança na votação

presidente do TSE, Ricardo Lewandowski, alertou o Senado que a mudança na ordem de votação na urna eletrônica poderá ser um fator de perturbação da eleição. Além de gastos extras, explica, a alteração levaria à necessidade de modificar três softwares: de votação, totalização e divulgação. E não haveria tempo hábil para mudar esses softwares e realizar os testes de segurança. De qualquer forma, o TSE informou que já foi determinada a impressão de folhetos de orientação aos eleitores e de cartazes explicativos sobre a ordem de votação. /

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.