Liberação de emendas é feita a conta-gotas

Levantamento feito pelo DEM no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) revela que o governo está liberando a conta-gotas as emendas de parlamentares ao Orçamento de 2011. Dos R$ 10,8 bilhões autorizados, o governo empenhou R$ 55,2 milhões (0,51%). Entre junho e julho, o aumento não foi significativo: foram R$ 17,3 milhões em julho, ante R$ 11,4 milhões no mês anterior.

Eugênia Lopes, O Estado de S.Paulo

14 Agosto 2011 | 00h00

Em meio ao clima de rebelião, os aliados tentam pressionar o governo ameaçando criar uma CPI. A ideia é apoiar uma comissão que investigue um episódio específico, se a relação com o Planalto não voltar à normalidade. Coube ao PR ser o porta-voz da defesa de uma CPI restrita, e não genérica, como quer a oposição. "Se a CPI tiver um propósito único e esclarecedor, aí sim podemos apoiá-la", admite o líder Lincoln Portela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.