Liberados três imóveis atingidos no acidente do Metrô em SP

A Subprefeitura de Pinheiros liberou nesta segunda-feira, 16, três imóveis situados no entorno do canteiro de obras da futura estação Pinheiros do Metrô, na zona oeste de São Paulo. Eles estavam interditados desde o desmoronamento no local, em 12 de janeiro, que matou sete pessoas. Os imóveis em questão são os apartamentos 13 e 31 do edifício situado no número 277 da Rua Conselheiro Pereira Pinto, além de um imóvel comercial da Rua Gilberto Sabino, no número 89. Apesar desses casos, dos 94 imóveis atingidos no acidente, 42 seguem interditados e em processo de análise. Ao todo, 35 foram liberados, seis demolidos e 11 condenados. Segundo nota do Consórcio Via Amarela, atualmente cerca de 90 pessoas continuam fora de seus imóveis, das 193 acomodadas em seis hotéis da zona oeste de São Paulo após o acidente.

Agencia Estado,

16 Abril 2007 | 20h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.