Liberdade assistida será municipalização

O atendimento dos 6.480 jovens que cumprem medida socioeducativa em liberdade na capital será transferido da Fundação Casa para a Secretaria Municipal de Assistência Social até maio. Convênio a ser firmado hoje entre o governador José Serra e o prefeito Gilberto Kassab prevê R$ 17,8 milhões para o programa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.