Libertado ex-coordenador geral dos presídios paulistas

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça concedeu nesta segunda-feira habeas-corpus e mandou libertar o ex-coordenador geral dos presídios do Estado de São Paulo, João Batista Pascoal, que estava preso preventivamente desde 27 de dezembro.Pascoal era responsável pela direção de 33 presídios, onde cumprem penas 33 mil homens e responde processo sob acusação de vender vagas a integrantes da facção criminosa PCC - Primeiro Comando da Capital. Mediante pagamento de uma taxa de R$ 8 mil - segundo a acusação - eles eram transferidos para presídios de menor segurança de onde fugiam.O Tribunal decidiu que não é necessário manter o acusado na cadeia, uma vez que ele é primário, tem bons antecedentes e 34 anos de serviço público sem jamais haver respondido a uma única sindicância. E que mesmo se condenado no processo terá direito a penas alternativas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.