Libertado porteiro tomado como refém em SP

Foi libertado, por volta de 10h30, um porteiro tomado como refém num edifício na Rua Piaza, 374, no Jardim Aeroporto, zona Sul de São Paulo. Um homem de 48 anos, identificado como Jurandir, rendeu o porteiro, de prenome Roberto, apontando uma pistola calibre 380 contra a cabeça dele. Jurandir obrigou Roberto a levá-lo até o nono andar do prédio, onda mora sua irmã, Geni, que havia proibido o acesso dele ao local, informou a Rádio CBN. A moça temia a violência do irmão por já ter sido ameaçada anteriormente. Segundo as primeiras informações, Jurandir teria vindo do Mato Grosso a São Paulo para buscar uma quantia em dinheiro. Geni chamou a polícia, que encontrou o irmão dela na porta do apartamento. Durante os 30 minutos de negociação, Jurandir chegou a disparar acidentalmente para o chão, momento em que acabou sendo desarmado e preso pelos agentes. A ocorrência deverá ser registrada no 27º Distrito do Campo Belo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.